Escolha uma Página

Você deve estar se perguntando o que esses dois animais têm a ver com alguma atitude para ajudar a manter uma boa relação com a franqueadora. Mas, calma. Vamos explicar tudo e você vai entender facilmente como pode fazer para apoiar e ser apoiado pela franqueadora e, assim, aumentar consideravelmente seu sucesso e seus lucros.

A humanidade há milênios já usa parábolas e analogias para explicar algumas questões. Assim fica muito mais fácil entender e assimilar algumas ideias. Aqui, faremos o mesmo, para mostrar como um franqueado pode se tornar uma águia–proativa, ágil e atenta. E vamos falar também sobre o que nunca queremos: que ele se torne uma tartaruga, lenta e desligada.

Qual o seu perfil? Se for uma tartaruga, essa é a hora de mudar!

O que significa ser um “franqueado tartaruga”?

A tartaruga é realmente um bichinho bem fofo, é verdade. Mas uma de suas principais características é a sua, digamos, calma. Uma calma excessiva! Nesse caso, um franqueado tartaruga não é apenas calmo. Ele agrupa outras características que podem dificultar sua relação com a franqueadora.

Quem tem este perfil geralmente demora muito para entender o mercado, o seu negócio e o que precisa ser feito para que sua franquia tenha sucesso. Ele até investe, mas não sabe fazer a empresa funcionar. E quando se dá conta, já é tarde demais.

E no mundo dos negócios, você sabe, não há espaço para lentidão. Os empreendedores de sucesso são aqueles que estão sempre um passo a frente, se antecipando a crises, enxergando oportunidades e se mantendo sempre na vanguarda.

Essa lentidão gera também falta de motivação. Esse franqueado tende a não assumir responsabilidades, não acredita no negócio, sempre encontra mais dificuldades do que soluções e está sempre fugindo da parte operacional e de gestão da sua empresa. E quem tem esse perfil, dificilmente prospera. Não importa qual franquia esteja representando. Para ter sucesso é preciso ser proativo, estar na linha de frente, comandando sua equipe, gerindo o negócio e cuidando para que tudo caminhe para o sucesso. E, de preferência, que não seja a passos de tartaruga.

Com uma atitude que cria obstáculos ao próprio negócio, no fim, o franqueado tartaruga não consegue manter uma boa relação com a franqueadora, e acaba não usufruindo de tudo que a franquia tem a oferecer. Desse jeito todos perdem.

O que significa ser um “franqueado águia”?

Esse é o perfil ideal para qualquer franqueado que deseja ter sucesso. A águia é o oposto da tartaruga. Tem agilidade, inteligência, olhar apurado e não tem medo de ir até os lugares mais altos. Assim, sua relação com a franqueadora se torna muito mais saudável.

Sua agilidade e inteligência fazem com que esteja sempre atento ao que acontece no mercado, conseguindo se antecipar às crises, encontrar soluções e até mesmo inovar. Este empreendedor sabe ver de longe tudo aquilo que pode ser positivo para a franquia. Seu olhar apurado está sempre atento ao que acontece em seu negócio e, por isso, saber gerenciar melhor as pessoas e os processos existentes.

Essas valências tornam o empreendedor capaz de identificar profissionais que podem não estar rendendo o suficiente ou, até mesmo, encontrar talentos que podem se tornar valiosos e importantes para a conquista de objetivos.

Como este empreendedor mostra serviço e colhe bons resultados, ele pode ser muito mais incisivo na hora de cobrar as contrapartidas do franqueador. Assim a relação entre os dois só tende a evoluir e ambos ganham.

Não seja um “franqueado híbrido”

Assim como existem os franqueados que são como águias e os que são como tartarugas, existem aqueles que são um pouco de cada um. Para cobrar seus direitos são como águia. Mas para cumprir seus deveres são tartarugas.

Essa criatura híbrida é o terror de qualquer franqueador. Toda a relação com a franqueadora fica abalada quando existe um parceiro assim, que consegue juntar o pior das duas espécies. Por isso é preciso ter muito cuidado para tentar buscar ser sempre uma águia e, claro, sempre com atitudes positivas e enriquecedoras.

Mas como fazer para ser uma águia e manter uma boa relação com a franqueadora?

Se você quer se tornar uma verdadeira águia e fazer seu negócio levantar voos cada vez mais altos, algumas atitudes são necessárias:

  • Cumprir os procedimentos estabelecidos pela franqueadora
  • Cumprir as fichas técnicas
  • Cumprir os padrões da marca
  • Implementar os planos de marketing
  • Manter o padrão de qualidade
  • Realizar os ajustes solicitados pela franqueadora

Seguindo todos esses passos você garante que está cumprindo todas as exigências, absorvendo o know-how que lhe é garantido pela franquia e, então, mostra comprometimento com o objetivo do seu franqueador. Assim você prova que os dois estão juntos, caminhando na mesma direção, e fica muito mais fácil cobrar apoio incondicional e soluções ousadas da franqueadora.

Esse é o caminho para criar uma boa relação com a franqueadora e, principalmente, para começar a trilhar o caminho do sucesso e perceber que, pelo menos em uma coisa, você precisa ser diferente de uma águia: pra ela o céu é o limite. Pra você, não!

%d blogueiros gostam disto: